quarta-feira, 2 de outubro de 2013

O futuro já começou? Insistência audaciosa!

Desigualdade jamais! Um tema que a sociedade deveria discutir nos próximos anos. Para nós que estamos procurando entender o que se passa numa cidade pequena como Poço Branco, onde olhares se cruzam e nos chamam atenção, quando trocamos a cada vez que passamos por cidadãos, ou mesmo, caros colegas que por divergências políticas deixaram de se cumprimentarem antes e depois. O importante é que esses olhares nos diz algo parecido com insatisfação, insegurança e que causa transtorno em quem estava e saiu e de quem pretende permanecer. 

No decorrer desses anos a permanência de fatos e boatos tem prioridade em parte da sociedade, invocando o crescimento  e aquecendo as bases no qual fazemos partes delas. Salvo os fatos que entre si desenrolam e desencadeiam no caminho da verdade.

Que mal poderemos desejar a quem procura o seu meio de sobrevivência. Seja aqui ou em outro lugar o que nos importa é sermos digno do que fazemos. Seremos mais justo se dedicarmos a compreender que a necessidade é um meio que estimula nossa sobrevivência.

Olhares sobre o que? Como poderíamos decifra-lo ou mesmo compreende-lo ?. Talvez pelo perfil de uma nova liderança que nos encaminhem numa direção futura cheia de esperanças. Hora de olharmos no espelho e entrarmos em sitônia com os olhos bem abertos, só assim poderemos enxergar o futuro de maneira mais clara; Acredito que quem busca com firmeza o autoconhecimento se torne ainda mais perceptivo, mais focado, mais observador de si mesmo e também do que está à sua volta.

Muitas vezes não encontramos as respostas plausíveis e necessárias, quando nos deparamos com fatos publicados na mídia, o tão saudável respeito público. Quem permanece não quer sair! quando percebe que o seu tempo chegou, escolhe entre fileiras a sósia priorizando seus próprios interesses; o que chamamos de pensamentos interesseiros que na maioria das vezes o tiro sai pela culatra.

Agente vivência a pequenez de algumas pessoas, quando ingressão em partidos políticos e sua contribuição é apenas fazer Política rasteira.Temos visto muita gente se vangloriar de tal feitos, como se por isso merecesse algum prêmio. Já os incompetentes que vão de carona, os famosos puxa-sacos, esses tem prazeres e mostram suas alucinações virtuais em defesa do seu próprio interesse. Esse sistema não funciona, a ganância pelo dinheiro e a certeza da impunidade são as causas principais.


Aos que saíram minha solidariedade. Esse é o momento de se concentrar e procurar entender o que aconteceu e avaliar porque fora demitido. Os que permanecem, a esperança de continuarem mesmo correndo o risco  de depararem com a mesma situação. Pra quem usou a caneta, avaliar o transtorno que causou na vida dessas pessoas, mesmo sabendo que não poderia cumprir com as promessas quando chegasse ao poder. Pois a realidade nua e crua, foram eles que fizeram a diferença.
 
O futuro já começou! Cinco anos o que não fizeram nos 45. Insistência audaciosa!  falta de políticas públicas, obras inacabáveis, parece que esta cultura ainda não está plenamente consolidada entre nossa sociedade. Qualquer semelhança com a realidade é um fato... 



Um comentário:

  1. O que me chama a atencao é que esse blogue e o de Neo tem espaço para comentario do leitor e o de Gaspar e Leonardo nao tem. Parabens novamente ao dois blogueiros originais de Poço branco, os primeiros que sao Daniel e Neo Alves.

    ResponderExcluir

sua opinião.