segunda-feira, 7 de fevereiro de 2011

Quanto se paga pelo um abraço...

Terça feira  passada (1), posse do presidente da Assembléia Legislativa Ricardo Motta, tive o privilégio de me encontrar com a vice-prefeita Nilse Cavalcanti e na oportunidade ganhei aquele abraço, o de sempre. Me lembrei dos últimos acontecimentos que circularam em nossa cidade em relação o nome de Nilse, onde confirmaram a possível adesão ao grupo de Valdemar de Góis. Enquanto abraçava, Pensei comigo mesmo : como seria bom, se todos que recebessem um abraço chegasse a conclusão que, esse simples gesto nos tornam mais felizes por saber que nesse momento não somos dois, mais simplesmente um. Resolvi por conta própria, comentar nesse Blog o qual já faz parte da minha vida,  QUANTO SE PAGA PELO UM ABRAÇO. Não seria  justo a possibilidade de erro se de imediato não ter  ato de concerto,  mas justo é, a dignidade de quem provoca o abraço, pois no momento trás pra si, à fiel confiança de quem vai recebe-lo, nada teria importância sem essas peças fundamentais. O concerto é o estado da consciência do erro, pois quando erramos deveremos concertar, para que não tornemos dependente do delito que cometemos. Se  o ditado diz " quem nunca errou atire a primeira pedra" tenho como significado " se comentamos algo que não agradou , corrijo os meus comentários à quem me abraçou. A política em sua diversidade tem como base suas próprias  artimanhas, no qual me refiro aos oportunista que os à rodeiam, pois procuram causar danos seja de que lado for, ferir sem ser ferido é o lema de quem não sabe o que é Democracia. Foi o que se fez, os  oportunistas claro!, em tentar saber quanto se paga pelo um abraço, erraram, atirando pedras em quem provocou um ato de grandeza esperando a fiel confiança de quem o recebeu. Sou um escudeiro das coisas claras e defensor das causas justas, me digno em levar o seu nome aos meus fieis seguidores para que eles possam ler e reler tirando de vez as dúvidas que restaram dessa tragédia. Nosso Blog fica a disposição da senhora vice-prefeita Nilse Cavalcanti e aos leitores que queiram comentar sobre esse fato... Não esqueci! o espaço fica também a disposição dos que por ventura queiram retificar algo que a dias atrás ratificou em seu tópico...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

sua opinião.