segunda-feira, 22 de abril de 2013

Poço Branco: Câmara Municipal aprova diária de concessão para funcionários e vereadores. Confira!


Por Leonardo Sousa

Você sabe qual foi o primeiro decreto da Câmara de vereadores nessa legislatura?

Foi uma definição dos valores a serem pagos aos vereadores e servidores a por diárias, indenizações e despesas de locomoção. Ou seja, definiram os valores que serão pagos quando eles mesmos estiverem viajando, ou batendo perna por Natal.

O ato foi instrumentalizado pelo Decreto Legislativo nº 001/2013, do última dia 10 de abril, quarta-feira da semana passada e publicada dia 12 no Diário Oficial do Estado, a medida é assinada pelo presidente da casa, vereador Kleber Fidélis (PSD).

As quantias que serão pagas a título de diária ou indenização, correspondem ao deslocamento para a capital e para fora do Estado. Que segundo o entendimento dos nossos representantes, as viagens do vereador-presidente e os outros parlamentares seguirão o seguinte critério de ressarcimento:

R$ 300,00 para o interior;
R$ 400,00 para Natal;
R$ 500,00 para outros Estados.

Por sua vez o deslocamento do tesoureiro da Câmara obedecerá a seguinte tabela: R$ 200,00 para o interior; R$ 230,00 para Natal; e, R$ 250,00 para fora do Estado. (O blog não entendeu esse valor diferenciado para o tesoureiro da Câmara…)

No caso de demais funcionários do legislativo de Poço Branco os valores ficaram desta forma definidos:
R$ 100,00 para o interior;
R$ 130,00 para a capital;
e R$ 150,00 para outras unidades da Federação.

As diárias serão concedidas por dias de efetivo afastamento da cidade, pisou fora de Poço Branco, os vereadores já tem direito a verba que estará destinando-se a indenizar as despesas. Vale lembrar que a Câmara de Poço Branco se reúne em sessão ordinária apenas uma vez por semana.

As diárias serão sempre pagas todas de uma só vez. Arre égua!

Por Neo Alves

Bota dinheiro Público para saciar os bolsos desses vereadores de Poço Branco. Se começarmos a analisar, como diz o amigo Léo, eles já levam consigo uma verba indenizatória pra cobrirem suas despesas, sem falar que a maioria deles moram fora da cidade, 

OS valores diferenciado dos vereadores para o tesoureiro da até pra entender, pois o indicado praticamente é da mesma família. O que não da pra entender, são os valores dessas diárias. R$ 400,00 para a capital:

Já imaginou os vereadores com morada fixa na capital, vem apenas cinco vezes por mês, quatro nas sessões e uma para receber seu próprio o pagamento, estando fora da cidade e sendo que, no decorrer do mês temos apenas vinte dias úteis, vai envelopar valores que ultrapassam seus próprios subsídios.

Galinha caipira no interior, R$ 300,00! Carne assada fora do Estado R$ 500,00! Isso me parece gozação, mas não é...Em vez de se preocupar com a necessidade do povo se preocupam apenas com o bem estar do seu próprio bolso...Que belo decreto, em senhor presidente!!!

3 comentários:

  1. Vergonha, vergonha, vergonha. E so o que posso dizer dessa nova camara. Trabalhar uma vez por semana e ainda receber diarias. Começaram mal demais e ainda nenhum projeto pela populacao. Acho que vai continuar assim, esse vereadores sso vao fazer projeto pra melhorar o bolso deles. Eu entendo porque fazem isso, é por que todos ainda tem muitas dividas da campanha. Quem gastou menos ai foi mais de 50 mil. Sinto muito poço branco, voce mais uma vez escolheu mercenarios e nao representantes do povo.

    ResponderExcluir
  2. vergonha mesmo pra cidade de Poço Branco que os elegeram pensando em melhorar a cidade trazendo beneficios para população e continua pensando em só encher o bolso deles. vergonha.......

    ResponderExcluir
  3. Isso é uma vergonha mesmo. Se um vereador sai de Poço Branco a Natal num carro de lotação até o viaduto, paga 40 reais dependendo do loteiro. O vereador pegará ainda 2 onibus para chegar até Ponta Negra, ou seja, mais R$ 4,40. Na praia, comerá uma ginga com tapioca que custa 21 reais; 5 águas de coco (10 reais); 03 águas minerais (R$ 4,50) + uma lembrança pra algum parente (60 reais) + 5 Skol Litrão (R$ 30,00) + uma esmola pra uma noiada (R$ 10,00) + 1 chapéu e um raiban (R$ 55) + 10% do garçon (3 reais) + 2 coletivos pro viaduto (R$ 4,40) + almoço no barriga cheia (R$ 1,00) + 1 quilo de costela pra janta (11 reais) + vai a pé do viaduto até a mangueira (vereador econômico, viu) + vai a pé até o atacadão, lá compra 1 quilo de tomate (R$ 15,00) + 1 quilo de fava (R$ 30,00) + 200 gramas de farinha de mandioca na promoção (R$ 2,20) + voltou a pé pra mangueira + 5 skol litrão na mangueira (R$ 25,00) + 5 espetinho (R$ 7,50) + 3 milho assado (R$ 3,00) + 1 dvd pirata de silvano sales - grandes sucessos(R$ 3,00). Passa o alternativo na viagem de volta e o parlamentar estará liso, teve que falar a viagem fiado... uma diária de 400 reais pra natal é realmente uma vergonha, vergonha (arre égua)... o sujeito voltou fiado...
    de volta a poço branco, revoltado o valor da diária, reclama com o presidente e pede uma sessão extraordinaria para reajustar esse valor e fazer jus ao seu empenho pela cidade. E diz ao presidente que quem vai dqui pra natal por 400 é um filho da p****.

    ResponderExcluir

sua opinião.