terça-feira, 18 de outubro de 2011

Denúncias estrarrecedoras


Oposição defende audiência pública na Câmara com PM que acusa Orlando Silva

Após ouvirem o policial militar e ex-militante do PCdoB João Dias na Liderança do PSDB no Senado, parlamentares da oposição seguiram para o plenário onde o ministro do Esporte, Orlando Silva, falava na Câmara para defenderem com veemência a realização de audiência pública com o PM.  ”As afirmações dele são de uma tal convicção e de uma tal extensão na linha do tempo -  com nomes,testemunhas e provas materiais a serem apresentadas no tempo devido - que tornam a providência imprescindível”, disse o líder tucano na Câmara, Duarte Nogueira (SP).
Parlamentares do PSDB, DEM, PPS e Psol receberam o PM (na foto de casaco bege) durante uma hora e meia na Liderança do PSDB no Senado para um depoimento classificado de “estarrecedor” pelo líder do Democratas, ACM Neto (BA). Diante do palanque montado pela base aliada nesta terça-feira para ouvir o comunista na Câmara e da gravidade das acusações contra o ministro, foram apresentados requerimentos nas comissões de Fiscalização Financeira e na de Turismo e Desporto para ouvir o delator do suposto esquema de corrupção montado no Esporte sob as ordens de Orlando Silva.  De acordo com Nogueira, João Dias se colocou à disposição para falar já na quinta-feira pela manhã. As lideranças da oposição se recusaram a fazer perguntas ao ministro antes da realização desta audiência pública com o PM.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

sua opinião.