segunda-feira, 10 de outubro de 2011

Como se encontra o quadro político de poço Branco

Depois dos acontecimentos dos últimos dias, a paz entre os políticos devem permanecer em trégua por algumas semanas. O esgotamento físico e mental, deixaram a política um pouco morna, mas prometendo esquentar a qualquer momento. As perdas de ambos os lados foram irreparáveis, a troca de partidos  nas últimas horas, mostrou habilidades dos maquiavélicos que comandam a política da nossa cidade. 

Do lado da base da oposição liderada por Valdemar de Góis, dos que participaram da campanha passada, que já não participa mais, estão o ex-prefeito Fernando Cândido, o vereador Kleber Fideles, a vereadora Suélia Catarino e o ex-vereador Severino Ramos. Seus Ganhos foram a adesão do ex-vereador Luiz Felix, Aurino do Serrote também ex-vereador, e várias lideranças. 

Já na base governista liderada pelo prefeito Mauricio Menezes, as perdas foram do ex-prefeito Roberto Lucas e da Vice-prefeita Nilse Cavalcanti. Dos que não estiveram ao seu lado, seus ganhos foram, os que saíram da ala política da oposição, ou seja: o ex-prefeito Fernando, os dois vereadores Suélia e Kleber Fideles e o ex-vereador Severino Ramos conhecido por Raminho.

Com a saída da vice-prefeita Nilse, para o PMN, partido liderado pelo ex-prefeito Roberto Lucas, que praticamente se tornou um grupo independente, abre a especulação alternativa de uma nova composição, podendo partirem em direção, com uma chapa majoritária rumo a eleição que se aproxima. Se não acontecer, os pares, passam a gozar da regalia de decisão, na escolha com quem devem se coligar, no mínimo exigindo a vaga de vice.

Por enquanto o quadro continua indefinido, nosso município permanece na espera dessa decisão, que só devem acontecer nos meados do ano que vem. Se comporem a chapa majoritária com a oposição, de certo, Valdemar deverá perder mais uma liderança no âmbito dos seus aliados. Essa não é preciso pagar pra ver... 







Nenhum comentário:

Postar um comentário

sua opinião.