sexta-feira, 8 de fevereiro de 2013

Henrique deverá assumir presidência da República com viagem de Dilma.

Suposto pré-candidato do PMDB ao Governo do Estado nas eleições do próximo ano, o deputado Henrique Eduardo vai a partir de agora gerar fatos políticos objetivando a consolidação do projeto idealizado pelo seu pai, Aluízio Alves de elegê-lo governador, segundo uma fonte peemedebista declarou ao Jornal de Hoje que circula em Natal. 

O primeiro destes fatos poderá ser a homenagem que será prestada pelos empresários do Estado com participação da classe política no Centro de Convenções no dia 08 de Março. Um segundo momento será quando Henrique Eduardo assumir a presidência da República na oportunidade em que viajarem a presidenta da República Dilma Rousseff e o vice-presidente Michel Temer. 

Por ser o segundo na sucessão do Poder Federal, Henrique Eduardo desembarcará em Natal na condição de presidente da República. Consta nos meios políticos que será realizada uma grande mobilização no Estado com a participação de correligionários peemedebistas e aliados de todo Estado para recepcionar Henrique Eduardo e aclamá-lo candidato do partido a governador. 

O presidente do Diretório Municipal do PMDB de Natal, ex-vereador Luis Carlos, que é um dos maiores defensores de uma candidatura própria do PMDB ao Governo do Estado, cita o nome de Henrique Eduardo em primeiro lugar do partido para disputar o cargo atualmente ocupado por Rosalba Ciarlini, seguido de Walter Alves e Garibaldi Filho.

"O senador não tem demonstrado interesse em disputar o cargo de governador, mas o partido pode indicar Henrique Eduardo ou Walter Alves. Os dois são lideranças consolidadas do PMDB e em condições de assumir o Governo do Estado", avalia o presidente do PMDB natalense. 

PLANOS "A" E "B" 

De acordo com Luis Carlos o PMDB conta com os planos "A" e "B" para a sucessão estadual com os nomes de Henrique Eduardo e Walter Alves. 

"Henrique Eduardo poderá ser candidato a governador, senador ou disputar a reeleição, enquanto Walter Alves poderá ser candidato a governador, deputado federal ou ser novamente candidato a deputado estadaul. Atualmente, o PMDB é um partido forte, representativo, tem bons nomes e vive um bom momento", concluiu o dirigente partidário.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

sua opinião.