sexta-feira, 14 de outubro de 2011

Carro oficial da saúde usado para resolver assuntos políticos do pré-candidato do Democrata em Poço Branco

Sexta-feira passada (7), o veículo oficial de Placa NOA-4640, da III URSAP de João Câmara, esteve no Cartório Eleitoral de Poço Branco. A "RANGER" usada pelo gerente João Horacio de Góis, da Terceira Regional de Saúde, estava a serviço do seu irmão, Valdemar de Góis pré-candidato do "DEM".

Segundo informações, a viatura utilizada pelo gerente, transportava eleitores, fazendo transferências e registros de candidaturas no horário de expediente. Curiosos presentes constataram a presença de vários documentos entregue na Justiça Eleitoral.

Segundo, LEI No 1.081, DE 13 DE ABRIL DE 1950. no seu Art. 1º , os transportes oficiais destinam-se, exclusivamente ao serviço público, e o Art. 4º em seu rigor, proíbe o transporte de  família do servidor do estado, ou pessoas estranhas ao serviço público.

Do Blog: Ás vezes me dá a impressão, que quando alguém assume cargos públicos e tem uma viatura a sua disposição se acham donos dos veículos. É até estranho o modo de dizer, mas passou a ser até "COMUM" ver veículos rodando a qualquer hora do dia e da noite, transportando pessoas estranhas ao serviço público. Isso não condiz com quem acha que faz tudo certo!

4 comentários:

  1. Tú doidim pra ta no lugar dele...
    kkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  2. O blog "TOPA TUDO POR DINHEIRO" já colocou a resposta pra o blog do Neozão!! kkkkk

    ResponderExcluir
  3. Senhor Neo.

    Uso seu blogue de novo para dar a minha opinião sobre esse episodio que aconteceu com o Acamps de Aurélio Dantas. Olha Neo, temos que ser responsáveis até mesmo na hora de falar sobre uma injustiça. Acho que foi feita uma grande injustiça com Aurélio porque até onde sei ele é um cidadão de bem e lutador pela vida. Até aí tudo bem.

    Mas o blogue de seu amigo Leonardo não perde a chance de fazer politicagem e tirar proveito com fins eleitoreiros de toda situação que envolve o prefeito de Poço Branco. Leonardo precisava deixar bem claro que o terreno onde Aurélio estava nunca pertenceu a ele. Lá Aurélio ficou todo esse tempo e ninguém nunca requisitou nada, a não ser uma a desativação de uma piscina que ele construiu próximo da barreira e que parece que o DNOCS não aprovou por que poderia comprometer a estruturas das rochas. Não sei bem se foi por isso...

    Leonardo precisava deixar de fazer drama pra convencer as pessoas de que Aurélio sofreu uma injustiça e só foi vítima. Acho que todo maquinário e investimentos de Aurélio devem ser indenizados e de forma justa. Só não se pode dizer, em forma de drama e apelo emocional, que Aurélio foi expulso de suas terras por que as terras nunca pertenceram a ele. Elas são da União e a Prefeitura faz parte da União, quer Leonardo queira ou não.

    Estou a favor de Aurélio Dantas para ele ser indenizado. Mas o lugar nunca foi dele porque ele não tem documento e nem comprou de ninguém.

    Isso é a verdade e não políticagem.

    ResponderExcluir
  4. Tem um blogueiro aqui que diz que faz o bom jornalismo e verifica os fatos, assim como todos que acusam devem fazer, antes de propagar uma notícia que comprometa alguém.

    Ele diz isso quando é para defender quem ele apoia politicamente. Mas quando é para acusar quem ele tanto odeia ele NÃO pratica esse tal bom jornalismo não. Ele detona, sem dó nem piedade.

    Porque ele não foi saber a versão da prefeitura antes de escrever que um trator acabou com a vida de Aurélio do Acamps??

    É seu blogueiro. O senhor tem dois pesos e duas medidas no que escreve. O senhor não faz politica e sim defesa de seus interesses ou de quem lhe paga ou lhe arranjou ou prometeu alguma coisa.

    Deixo um conselho pro senhor. Mude de postura no seu blogue pro senhor não se queimar de vez na sua terra porque essa turma que você defende aí só são bonzim agora.

    Abra o olho porque o senhor merece coisa melhor do que esse ninho de cobras...

    ResponderExcluir

sua opinião.