terça-feira, 25 de outubro de 2011

Apatia do Planalto


Dilma dá péssimo exemplo ao manter ministro do Esporte e ignorar novas denúncias, avaliam deputados
A manutenção do ministro do Esporte, Orlando Silva, e a apatia do Planalto diante de novas denúncias demonstram descompromisso do governo com a ética e a moralidade. A avaliação é dos deputadosFernando Francischini (PR) William Dib (SP), que defenderam o afastamento do chefe da pasta e a apuração das fraudes.
“Dilma deveria mostrar seu desejo de fazer uma limpeza real e não uma faxina de fachada”, criticou Francischini. “Isso só denigre a imagem de um país que quer fazer a Copa e as Olimpíadas”, emendou Dib, para quem “em qualquer nação séria, o ministro já teria sido afastado”.
No fim de semana, a revista “Veja” divulgou gravações feitas em 2008 pelo delator do esquema de corrupção, o PM João Dias Ferreira. Na ocasião, assessores diretos de Silva (os então chefes de gabinete Fábio Hansen e Charles Rocha) garantem ajuda ao policial para escapar de uma investigação. Dias entregou à Polícia Federal 13 áudios que comprovariam as revelações. O líder do PSDB na Câmara, Duarte Nogueira (SP), pediu ao ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, a íntegra do depoimento prestado por Dias na PF nesta segunda-feira (24).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

sua opinião.