domingo, 11 de setembro de 2011

Tributo a Dr. Assis

Por Nilse Cavalcante


* 20 de Marco de 1944   + 11 de Setembro 1994

Neste 11 de Setembro de 2011 a nossa homenagem vai para o mais humano de todos os médicos, Dr. Assis. As pessoas de sensibilidade e capacidade deixam marcas por onde passam. Hoje, 17 anos de ausência, mas vivo no coração das pessoas que o conheceram.
Somos uma família feliz por termos compartilhado de sua vida na terra. Por termos participado de seu grande plano de vida durante três décadas e temos a convicção de que você foi o mais humano de todos os seres.
Nada o substituiu!
Saudades... Saudades...Saudade!!!!!

Esposa e Filhos.


3 comentários:

  1. ELE(Dr. Assis),sem dúvidas, deixou saudades não só a sua família como também e todos que o conheceram. Foi um brilhante médico e prestou relavantes serviços a Poço Branco,salvando várias vidas e atendendo sempre com muita competência a todos- eu mesmo fui seu paciente por várias vezes, ainda na fase de criança. Foi também um grande homem e um grande político em nossa querida cidade.

    Dr. Assis, que Deus o coloque num bom lugar e cuide do seu espírito.

    EDINHO

    ResponderExcluir
  2. "Ninguém morre enquanto permanece vivo no coração de alguém"...É assim papai que continua essência do seu espírito, mesmo durante esses longos 17 anos, sempre dentro da minha cabeça, das minhas lembranças e do meu coração, onde com o apoio de mamãe consegui crescer e me tornar uma pessoa do bem, da paz, sempre espelhada nos seus ensinamentos e seus gestos humanitários...Apesar da ausência e de apenas com a mão de Deus aceitar a sua fatídica partida... sou feliz pois me deixastes um legado de amor e por onde passo ainda escuto referências do tipo "Ahh voçe é filha de Dr.Assis, gente boa demais" e é isso que me mantem forte para superar as tribulações e surpresas do dia a dia... e também por que sei que ainda vou te encontrar!!!
    Da pérola Nydyane

    ResponderExcluir
  3. Há seres humanos que, decididamente, não deveriam morrer; não deveriam deixar de existir. Não deveriam, mas a existência humana está muito acima de cada um de nós – pobres mortais.

    Aquele que nos deu, também nos tira o bem mais precioso que temos: A VIDA. Por ela, ouvi e vi este homem de grande valor dar o seu suor, o seu sossego, a sua intimidade e o seu ideal.

    Não parecia ser apenas um juramento profissional e nem muito menos um discurso recheado de intenções puramente políticas. Não, era mais do que isso.

    Em palavras de meu querido pai (Manoel Caju) ouvi inúmeras histórias sobre os serviços do Dr. Assis Atanásio, um nome que se equivalia ao nobre significado da VIDA.

    A VIDA que tanto ajudou a salvar...

    Uma perda que deixou uma enorme lacuna, ainda não preenchida.

    Meus sinceros sentimentos aos seus familiares.

    ResponderExcluir

sua opinião.