quarta-feira, 11 de maio de 2011

Garibaldi afirma necessidade de ampliar proteção social



O ministro da Previdência Social, Garibaldi Alves Filho, disse hoje, na abertura da Consulta Regional Preparatória sobre Proteção Social do G20, que envolve o Brasil, a Argentina, o México, a França e a Organização Internacional do Trabalho (OIT), que é necessário ampliar e aprimorar o sistema de proteção social aos cidadãos de todo o mundo. Ele ressaltou que o Brasil nunca se sentiu tão à vontade para debater o tema social, considerando os avanços alcançados nos últimos anos. “A crise financeira foi a prova do êxito das políticas sociais de combate à pobreza e de redução das desigualdades colocadas em prática no país”, disse o ministro, referindo-se à importância da ampliação do mercado consumidor brasileiro como atenuante dos efeitos da crise financeira iniciada em 2008.
Este é um encontro preliminar para a Reunião dos Ministros do Trabalho e Emprego do G20, a ser realizada, nos 26 e 27 de setembro, em Paris.
Garibaldi Alves Filho destacou, ainda, o público-alvo que se tornou prioritário para o governo na nova etapa de ampliação da proteção social, voltada, principalmente, para os aproximadamente 16 milhões de brasileiros que vivem com renda inferior a R$ 70 mensais. Garibadi Alves Filho afirmou ter a certeza de que os participantes do encontro conseguirão alcançar consenso quanto à implementação do piso social.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

sua opinião.