quinta-feira, 31 de março de 2011


Assuntos recentes da Câmara Municipal de Poço Branco                          



A Câmara Municipal de Poço Branco RN, na sessão ordinária de 15 de março de 2011, aprovou por unanimidade as seguintes matérias: requerimento do vereador Edi Carlos Alexandre de Souza de Oliveira, o mesmo solicita ao Prefeito Municipal a reposição da iluminação pública da principal rua do distrito de Contador, rua lateral ao ginásio de esportes deste distrito.

O requerimento da vereadora Suélia Catarina Ferreira de Lima, o mesmo solicita ao Exmo. Sr Prefeito Municipal, a compra de 2 ambulâncias: uma para dar plantão no posto de saúde do distrito de Lagoa do Serrote e a outra para dar plantão no distrito de Contador.
            
O Sr. Presidente abordou sobre a II ação de cidadania da Câmara Municipal de Poço Branco, que está marcada para o dia 13 de maio do corrente ano no distrito de contador.  Acrescentou ainda, sobre uma reunião que irá participar na Secretaria de Recursos Hidráulicos com referência a barragem de Poço Branco, e vai levar em mãos um ofício solicitando a parte elétrica e a limpeza da parte de cima da barragem, como também, o repovoamento de alevinos na barragem.

Um Jovem com esperança



De:
Adicionar remetente à lista de contatos
Para:
neoalvessilva@yahoo.com.br
Meu amigo Nel.

Sempre acompanhei o seu blog, e realmente tem muita coisa boa. Vou pouco em Poço Branco . mais sei muito dessa cidade maravilhosa. Através do seu Blog, fico atualizado com os problemas que persistem em rondar Poço Branco.
Problemas principalmente  políticos. Se você imaginar o que mudou em  dez anos. Não mudou muito. Poço Branco tem os mesmos problemas de uma década atrás. Uma cidade com um alto poder  na área do turismo. Com as belezas naturais. Poderia existir passeios ecológicos, passeios de barco, mais entretenimento para a população e para os turistas, enfim existe vários  projetos capazes de mudar Poço Branco. E quando falo mudar e mudar mesmo, e mudar  pra melhor. Olha só. O principal, Poço Branco já tem que é as riquezas naturais, bastaria só um pouco de criatividade e um pouco de investimento por parte das autoridades municipais, Nel, existe vários  projetos prontos nas  universidades estaduais,  e na federal. E quando falo projetos, são projetos bons. Tenho um amigo que ele terminou o cursa de  Turismo na Universidade Estadual do Rio Grande do Norte (UERN). E o projeto que ele desenvolveu para defender em sua monografia que  teve o tema, TURISMO EM POÇO BRANCO.  Esse cara me mostrou um projeto revolucionário, capaz de mudar completamente o sistema financeiro da população de poço branco. Gerando emprego e renda para muitas das famílias de Poço Branco.  No projeto Poço Branco passaria a ser mais um destino cultural e de lazer como e varias cidades do nosso interior.  Nel basta interesse de nossos políticos que só  querem crescer financeiramente e o resto da cidade que se exploda, e quando chega a campanha viram todos bonzinhos. E o pior e que a população esquece rápido.
                Enfim quero que o povo de Poço Branco seja um povo mais feliz um povo menos sofrido. Como você sabe Poço Branco era pra ter um titulo de cidade mais acolhedora do RN. Pode ser do Brasil ou do Mundo.





RV Logo
Wancemberg Sales
ADM: RN/PB
RV Tecnologia e Sistemas S.A.
Fone: (84) 3089-7901
Cel: (84)9987-1515
A ética e a integridade norteiam todas as nossas ações e atividades

Fico feliz, em saber que de alguma maneira, tenho contribuído no despertar dos jovens  que querem ver o nosso município se desenvolver. O despertar dos sonhos, que em breve se tornaram em realidade, está próximo. Os manifestos sociais, vem cada vez mais se evoluindo, engajando-se no todo em beneficio da nossa comunidade. Vejo o caminho do desenvolvimento de uma cidade jovem, por jovens participativos que, só querem o bem estar do nosso município. Lhe agradeço caro amigo, pela bela proposta e gostaria de conhecer esse projeto pessoalmente. Continuamos a disposição, um grande abraço.

quarta-feira, 30 de março de 2011

Amigos inseparáveis...

Neo Alves e o empresário Teixeira Cândido











hoje meu abraço vai pra Teixeira Cândido, meu amigo e irmão camarada. Falar dessa pessoa como ser humano, é não precisar de bola de cristal, conhecedor e formador de opinião, além de filho da nossa terra, o empresário nos finais de semana tem se dedicado as causas justas da nossa comunidade. A você meu querido amigo, dedico o tópico " A tal da inadimplência no cóis da prefeituras". Um grande abraço

A tal da inadimplência no cóis das prefeituras...

Quem é essa tal de inadimplência, que castiga tanto os prefeitos, que vão ao Distrito Federal angariar recursos através de convênios para os seus municípios?, não sabe!, deixa ver seu sei! - São frutos do passado e presente, vírus comum entre a famosa administração pública, chamada "DAT", doença adquirida ao longo do tempo. 
Agora que você já sabe, vamos decifrar essa enfermidade; - entra prefeito e sai prefeito e a ladainha continua na mesma. Nada se pode fazer, diz quem assume! pois os prefeitos que me antecedeu, deixaram como herança, dívidas nos cofres públicos como, precatórios e contribuição dos servidores para o INSS. Com isso, a inadimplência se tornou o escudo de quem se esconde através do anonimato, pois tira a responsabilidade de quem está no mandato atual, basta entrar com uma representação na justiça contra quem adquiriu a dívida e pronto, vai ao INSS negocia o valor, e está tudo bem, volta a Brasília, e se não perdeu o prazo das emendas do seu Deputado ou Senador, consegue algo inédito, como se tivesse ganho uma batalha que se achava perdida. Mas não está tudo bem não! O vírus continua circulando ao redor do próprio, seduz a quem está no poder a cometer os mesmos erros dos que cometeram no passado, continuam recolhendo os descontos constitucional dos funcionários, e deixam de repassar os valores de quem é de direito, chegam até a aproveitar a sua própria dívida embrulhando junto com a dos outros, fazendo um pacote só, e arrola em centenas de parcelas suáveis. Continuam criando cargos e contratos, se preenchem, recolhem a contribuição social e continuam praticando atos que não condiz com uma boa administração. A de se imaginar, como eles pensam; se deixaram pra mim e deu no que deu, então deixarei essa herança maldita pra quem vai me suceder. Mas, acredito que essa enfermidade tenha cura, aqui transcrevo a receita: uma boa dosagem do antibiótico "MPF" Ministério Público Federal, acompanhado com a denuncia "ID" Improbidade Administrativa. junta-se, elabora, e interna o paciente no hospital por nome "inelegibilidade" por oito ou mais anos. Pronto, o vírus e suas enfermidades já não existe mais...   

terça-feira, 29 de março de 2011

ANORC não é ouvida




Quase 100 dias de Governo Rosalba e a ANORC (Associação Norte-Rio-Grandense de Criadores) não conseguiu ainda ser recebida pelo Secretário de Agricultura, Betinho Rosado.
Mesmo sendo sócio da Casa, o Secretário não abriu sua agenda para ouvir a categoria.
Os criadores, que se reúnem na noite desta terça, querem uma posição oficial sobre as próximas exposições.
O combate à aftosa era outra grande preocupação da Associação, mas foi conseguido o adiamento da vacinação para início de maio. Sem interferência (direta) do Secretário.
DO TL: Segundo a rádio corredor, Betinho não estaria satisfeito com a missão confiada pela cunhada governadora. Anda com saudades da Câmara Federal.
Uma maneira de testar a capacidade de um político é colocá-lo à frente de um cargo de gestão. Enquanto na Câmara tudo fico por conta do “prometo que vou fazer” e ninguem pressiona por resultados imediatos, aqui a cobrança é sistemática e quase sempre exige soluções de curtíssimo prazo. Taí Betinho que o diga!!!

Sim ou não, vamos aguardar

Domingo passado (27) pela manhã, estive conversando com o amigo e vereador Maurício Dantas em frente o comércio do nosso amigo Magnata, segundo o vereador; a Câmara vai colocar as prestações de contas do ex-prefeito Roberto Lucas para apreciação e votação na próxima semana. 
Até que em fim! se for verdade, vamos acompanhar com muita atenção o desenrolar dessa celeuma tão cogitada nesse últimos meses. Aprovada ou não, o gosto amargo deve permanecer por muito tempo, Já que o Tribunal de Justiça o condenou a alguns dias atrás por improbidade administrativa, dado o direito de recorrer dessa decisão. Espero que tudo ocorra bem, vamos aguardar, volto a comentar assim que tivermos a certeza de que, realmente as pastas  vão entrar na plenária daquela casa. Vamos pagar pra ver...

segunda-feira, 28 de março de 2011

Todos nós corremos o risco

Na semana passada participei do encontro com todos educadores e coordenadores dos municípios da Região do Mato Grande, sobre "Dengue" promovida pela III URSAP de João Câmara. Como técnico e supervisor de endemia desse órgão, minha participação como orientador na oficina, promoveu várias curiosidades em relação ao assunto, onde alguns dos presentes, logo após o encontro solicitou da minha pessoa a presença nos seus municípios, para orientar em suas programação no controle do transmissor da dengue o "Aedes Egypt", como também, recebi de alguns deles manifestos através do meu E-mail que se encontra ao lado da página principal do nosso Blog, solicitando informações da situação dos municípios da Região do Mato Grande. Ainda no evento enquanto me pronunciava, percebi a distancia dos educadores em saúde, no conhecimentos aos trabalhos rotineiros desenvolvidos pelos agentes de endemia. Refiro-me apenas ao trabalho de campo, pois sabemos que os educadores, também fazem partes de outras campanha desenvolvidas pelo governo federal. Tão logo, resolvi comentar; Tenho me preocupado com a prestação dos serviços direcionadas a população. Ao longo do tempo, tenho procurado orientar os municípios da nossa jurisdição, em relação aos trabalhos que são desenvolvido diariamente nas pesquisas de L.I + T (Levantamento de Índice e Tratamento Focal)  contra o transmissor.  É do nosso conhecimento que, dados estatístico repassado pelo os municípios nos leva ao limite da preocupação no que se diz respeito a essa doença infecciosa aguda, transmitida pelo mosquito, os números de infestação predial, ou seja, de imóveis com as larvas do Aedes tem constantemente aumentado na medida em que atravessamos o período das chuvas. A de convir que o governo federal investe alto em propagandas no controle a "Dengue",  mas isso não se torna o suficiente ao controle do vetor, mesmo porque, em suas propagandas o governo apenas leva o conhecimento da doença, alertando a população, que a dengue pode até matar, não deixe água parada, troque a água dos vasos de planta por areia entre outras informações. A população em se, pouco entende sobre como controlar a dengue, como deve-se proceder nas suas residenciais no controle de larvas e pulpas nos depósito predominantes. Como os municípios é a peça fundamental e o elo entre estado e união, sua contribuição se torna a mais importante no combate ao vetor. Contribuo certificando-me, que Suas ações, devem ser direcionada tanto ao transmissor como a população, seus agentes devem estarem rigorosamente preparados para tal controle, como também seus educadores, não se pode desenvolver ação se a população não tem conhecimento do que vai ser elaborado, melhor dizendo, deve-se programar reuniões periódicas nas escolas, creches, clubes particulares e em entidades não governamentais, desenvolver ações que chamem a atenção da população em relação a doença, é fundamental. É primordial para o desenvolvimento da campanha; o acompanhamento de dados estatísticos, as sorologias, encaminhamento dos pacientes pelo profissional de saúde das pessoas com suspeita da doença, como também a investigação dos casos humanos. As informações entre se, fortalece o desempenho de uma boa qualidade do trabalho. Sabemos do risco que corre nosso estado e, em especial nossa região. Controlar a "Dengue" não é só dever do poder público, é um dever de todos nós. A você caro amigo educador e agente de endemia, precisamos continuar a frente dessa batalha, leve ao conhecimento a seu gestor, mostrando como se encontra a situação do seu município. Essa é uma das batalhas que não podemos perder. contamos com você... abraços.

sábado, 26 de março de 2011

A população e os políticos


a falta de politico de vergonha.

Sexta-feira, 25 de Março de 2011 23:41De:
Adicionar remetente à lista de contatos
Para:
neoalvessilva@yahoo.com.br
Cara amigo !


ausência de seriedade na política, vem a cada dia distanciando, a população dos políticos, pois em nossa comunidade alguns políticos sem responsabilidade usa e abusam do cargo, para prejudicar as pessoas que não comungam com o seu modelo de fazer política, por isto é,que na próxima eleição todos os poçobranquence daram o troco aos nossos representantes, e o legislativo "FLUTUAM", é claro quando se deve favores, baixamos a cabeça para desafiar a guilhotina, por este motivo é que os eleitores deve e irão mostrar como se vota em 2012.
Espero que o silêncio do legislativo termine em breve e não espere para o inicio de 2013, pois as eleições desta legislatura já tem passado ai é muito tarde para barulhar.
Ouvi a dias, comentários sobre o ex-prefeito Roberto Lucas de Araújo, com relação as pastas da sua gestão, e que o mesmo iria ficar inelegível, pois, estava na cara que isto era desejo de alguns do próprio grupo, mas foi com o olhar de águia que o judiciário assinou a condenação do mesmo, este ato favoreceu os políticos, para não levantar suspeitas da covardia que se fazia com um correligionário. Mas "Deus escreve certo por linha tortas" este é o pago que eles estão dando ao ex-prefeito, que também por algumas vezes ter desejado o mau em cima do palanque, aquele que lutou  para dar o poder ao mesmo. se isto é castigo, ex-prefeito Roberto estais sendo castigado pela mão divina.
Ex-prefeito Roberto agora suas pastas serão aprovadas, isso era tudo que o Exmo. queria.
"quem discordar paciência esta é a minha opinião"


Tenho recebido vários E-mail dos nossos leitores e o que chama atenção publico. Na maioria deles tenho notado que os elogios a favor dos políticos passam a distancias,  como se fosse um relâmpago em dias de chuvas no meio de grandes venda-vais. As manifestações populares em relação a política no nosso município, nos leva a crer que; cada vez mais os eleitores se decepcionam, em ver pessoas a quem escolheu para representa-lo, seja em que função for, se distanciando dos principio que o levara a tal confiança. A transformação está acontecendo! manifestações como essa, reforça a tesa que no futuro próximo, deve acontecer mudanças no quadro da nossa política. Escolher político pelo grau de instrução ou formação não é suficiente, mas procedência e comportamento sim, pois quem representa o povo, deve-se dar o respeito e proceder de tal maneira, que venha satisfazer a quem lhe deu o direito de representa-lo. Fico feliz, em saber que existe pessoas como você, preocupada, tentando de qualquer forma contribuir, esclarecendo a população o que pensa da política dos dias de hoje. Venho acompanhando o tópico que publiquei a semana passada "Perfil de um Lider"  e tenho percebido o interesse dos leitores  em relação ao conteúdo da matéria, vejo que através dela, ainda virão grandes mudanças. continue analisando. O espaço continua aberto 
          

segunda-feira, 21 de março de 2011


Distrito Federal confirma primeira morte por dengue este ano

Secretaria de Saúdedo DF já confirmou 248 casos da doença neste ano, outros 748 estão sob investigação


Agência Brasil
Brasília - A Secretaria de Saúde do Distrito Federal (DF) confirmou a primeira morte por dengue este ano. A vítima, de pouco mais de 40 anos, morava na cidade do Paranoá e trabalhava no Lago Sul, área nobre de Brasília. O óbito foi registrado no dia 24 de fevereiro e estava sob investigação.
AE
O último balanço aponta que, no período de 1º de janeiro a 16 de março, foram notificados no Distrito Federal 1.336 casos suspeitos de dengue. Do total, 248 foram confirmados, 340 foram descartados e 748 permanecem em investigação.
A secretaria informou que, até o momento, os casos confirmados com transmissão dentro do DF - 110 no total - não estão concentrados em áreas específicas, o que afasta a possibilidade de um surto.
Veja também:
Dengue no Brasil
Nos dois primeiros meses do ano, foram confirmadas 51 mortes em decorrência da degue no país. Balanço divulgado hoje (18) pelo Ministério da Saúde aponta que 79 casos foram descartados e 112 ainda estão em investigação.
As mortes confirmadas ocorreram no Acre, no Amazonas, no Pará, no Maranhão, no Ceará, em Pernambuco, em Alagoas, na Bahia, em Minas Gerais, no Espírito Santo, no Rio de Janeiro, em São Paulo, no Paraná, em Mato Grosso e em Goiás.
A situação, entretanto, ainda é de atenção nas regiões Norte, Nordeste e Sul. O ministério pede para que os cuidados preventivos sejam intensificados, uma vez que o período de chuvas ainda não acabou em muitos estados.
O Norte concentra 31,6% do total de casos suspeitos, com 49.101 notificações. Em seguida, estão as regiões Sudeste (27% e 42.092 casos), Nordeste (18,4% e 28.653 notificações), Centro-Oeste (12,3% e 19.066 casos) e Sul (10,7% e 16.701 casos). A maior parte dos casos (53%) foi notificada em cinco estados: Amazonas, Acre, Paraná, Rio de Janeiro e Minas Gerais.
De janeiro a fevereiro de 2011, dois estados apresentaram alta incidência da doença, nove estados registraram média incidência e 16, baixa incidência. O ministério considera como incidência alta o registro de mais 300 casos por 100 mil habitantes; como média quando há entre 100 e 300 casos por 100 mil habitantes; e como baixa quando há até 100 casos por 100 mil habitantes.
Dados da Secretaria de Vigilância em Saúde mostram que o sorotipo 1 é o que mais tem infectado os brasileiros. O vírus não circulava no país desde a década de 80, o que fez com que milhões de brasileiros não apresentassem imunidade contra ele.
Das 1.856 amostras de sangue de pacientes com sintomas da doença que foram submetidas ao processo de isolamento viral, 335 deram positivo para a dengue e houve a detecção do sorotipo 1 em 81,8% delas. O sorotipo 2 apareceu em 11% dos resultados positivos, o sorotipo 4 em 5,4% (apenas nos estados de Roraima, Amazonas e Pará) e o sorotipo 3 em 1,8%. 

domingo, 20 de março de 2011

Uma Bomba para dois alvos...

É como diz o velho ditado! "cuscuz abafado, só enquanto está cozinhando, depois de levado a mesa com certeza é enfastiado". segundo Célio do Serrote a bomba está preste a explodir, o Ministério Público foi acionado, resta-nos saber o conteúdo da denuncia, e se comprovada deveremos saber onde os estilhaços devem cair. Serei claro na minha opinião a respeito do que Célio falou! Tenho acompanhado os programas  que vai ao ar aos sábado na 89 FM e sempre ou na maioria das vezes, o assunto se relaciona a incoerência do poder público, ou melhor dizendo, quem de fato e de direito o assumiu. Quando se fala com clareza, em qualquer canal de comunicação, é porque existem fatos que comprometem a administração em termo generalizado, tanto poder executivo como também do legislativo. As denuncia feitas nos deixa apreensivo no que diz respeito o que se ouviu ontem; matadouro sem manutenção, hospital sem médicos e remédios, construção de convênios sem as placas informativa, merenda de má qualidade, idosos sem assistência social, transporte escolar vinculado a vereador, e por aí vai. Na política, a função de quem cobra é da oposição, situação é pra mostrar o que fez, ou se explicar porque não estar fazendo. Não se cobra nada a quem não é devedor, diferentemente do poder Legislativo, que mesmo tendo oposição e situação entre seus pares, deve apurar fatos, pois sua função é de órgão fiscalizador. Cuidar bem do patrimônio público cabe não só aos dois poderes, mais também ao Ministério Público, e na medida que as denuncias passam despercebida aos olhos do legislativo, se torna natural a procura do poder judiciário.  Ficaremos na expectativa, aguardando a tal bomba explodir... Continue com sua clareza amigo Célio, isso é bom para nossa democracia... 

quinta-feira, 17 de março de 2011


Comissão da Reforma Política aprova fim da reeleição no Executivo


Pela proposta da comissão do Senado, presidente teria mandato de 5 anos.

Comissão discute propostas para reforma do sistema político brasileiro.

Robson BoninDo G1, em Brasília
A Comissão de Reforma Política do Senado aprovou nesta quinta-feira (17) o fim da reeleição para presidente da República, governadores e prefeitos. Pela proposta, os mandatos para esses cargos passariam a ser de cinco anos. Os senadores também aprovaram a manutenção do voto obrigatório.
A Comissão da Reforma Política do Senado é formada por 15 parlamentares e é presidida pelo senador Francisco Dornelles (PP-RJ). O fim da reeleição e a manutenção do voto obrigatório são pontos que serão reunidos no relatório que a comissão irá apresentar no dia 5 de abril. Outra comissão, da Câmara, também discutirá propostas para a reforma do sistema político brasileiro.
Se for aprovada pelo Congresso, o fim da reeleição não terá validade para os atuais governantes, que poderão disputar a reeleição. A mudança só entraria em vigor para os eleitos a partir de 2014. A presidente Dilma Rousseff, por exemplo, poderia permanecer por até nove anos no Planalto, se conseguir a reeleição.
Considerado um tema controvertido, a possibilidade de reeleição no Executivo foi introduzida na Constituição federal em 1997, quando o Congresso aprovou a Emenda Constitucional 16.
Na comissão, apenas os senadores Aloysio Nunes Ferreira (PSDB-SP) e Francisco Dornelles (PP-RJ) foram favoráveis à manutenção da reeleição, sendo vencidos pelo grupo de 12 parlamentares que se manifestaram contrários à manutenção do modelo atual, de até dois mandatos de quatro anos.
Outro tema analisado pelos senadores foi a proposta de acabar com o voto obrigatório nas eleições. Os integrantes da Comissão da Reforma Política decidiram manter o sistema do voto atual no país, mesmo com parte do colegiado favorável ao voto facultativo.
O senador Aécio Neves (PSDB-MG) foi um dos que defendeu a manutenção da regra atual. "Temo o risco de termos governantes eleitos por uma minoria pouco expressiva", avaliou o senador.
Para o tucano, em momentos de crise política e sem o voto obrigatório, os líderes políticos poderiam ser eleitos por uma parcela pouco representativa da sociedade, o que colocaria em risco a democracia no país.

Não entendo o porque!

Tenho observado á vários meses os comentários sobre as prestações de conta do ex-prefeito Roberto Lucas. Nos bastidores e por onde se anda, o que não falta é assunto em relação as benditas pastas da sua gestão. Na avaliações dos curiosos, onde sempre predomina a especulação, parte deles acham que devem ser aprovadas, já que o parecer técnico do Tribunal de Contas do Estado (TCE), foram favoráveis ao ex-prefeito mesmo aprovadas com ressalvas, ou seja; com erros técnicos, que se traduz em documentos entregues fora de prazos e, entre outros. Parte da outra banda de curiosos acredita que não, acham que se aprovada Roberto Lucas se tornaria livre e poderia até se manifestar numa possível candidatura a prefeito de Poço Branco em 2012. E assim vai se empurrando com a barriga, como se fosse onda do mar na sua maior ressaca, hora vai, hora não vai, e os pensamentos flutuante se confundem entre os que estão com intenção tanto de vê-la ou não aprovadas . 
Agora digo eu! Os que acham, que o parecer do tribunal deveria ser derrubado através da plenária da Câmara Municipal; Que motivos tem os que pensam de tal maneira, ao ponto de desconfiar da pessoa que tem sustentada a base política tanto do PMN como da situação?. Vou adiante; melhor um amigo por perto  com suas deficiências, do que distante e vir a perdê-lo, se me condenas, não me queres como amigo. Tão logo! o curioso predita: ora! dessa vez, o risco que corre o pau, também corre o machado...Então presumo: o que tiver de ser será... devi-se fazer justiça, a quem por sua conduta política o fez, aos que o acompanhou ao longo de seu mandato. A quem queiram aproveitar o momento oportuno, mas não devem levar vantagens em seu próprio favor. É bom lembrar; O valor das coisas não está no tempo que elas duram, mas na intensidade com que acontecem. Por isso existem momentos inesquecíveis, coisas inexplicáveis e pessoas incomparáveis. Hoje meu abraço vai para o casal de amigos, Sérgio e a Vereadora Suhelen... 

Robson Max, Nilse Cavalcanti, Neo Alves, Marta e Roberto Lucas



quarta-feira, 16 de março de 2011

Região do de Mato grande unida contra a "Dengue"

Participante do evento
Hoje pela manhã no auditório da secretaria municipal de saúde de João Câmara, realizou-se a primeira oficina educativa no controle a dengue, participaram do evento o gerente da III URSAP João Horácio de Góis junto com a equipe tecnica, e educadores de saúde dos municipio da região de mato grande e de sua jurisdição.
João Horácio (gerente) e Neo Alves (um dos palest. do evento)
educadores em saúde
Gerente da III URSAP- entrevista a 89 FM



Bem! me parece que as ações de controle a dengue vem sendo bastante cogitada nesses últimos tempos em todo país. O governo federal junto com os estados intensifica a guerra contra o mosquito transmissor o Aedes Egypt. Ao meu ver, uma das soluções além dos trabalho dos agentes de endemia é a parte educativa. Conscientizar a população é o caminho mas eficaz para o controle do mosquito. 

segunda-feira, 14 de março de 2011

Falta de compromisso, publico sim!


falta de compromisso
Domingo, 13 de Março de 2011 20:23


De:
Adicionar remetente à lista de contatos
Para:
neoalvessilva@yahoo.com.br


Espero que você reformule e publique estou esperando 
 
Temos que desmascarar alguns políticos falsos 
 
Caro Neo, quero incrementar seus comentários sobre o perfil dos político da nossa cidade. Todos são iguais, exemplos não falta! todos que tem o poder sempre deixa os menores para traz, o nosso prefeito  se elegeu com os pequenos na sua campanha mais, quando ganho, deu logo um chute neles, eu tinha esperança no “grupo Góis”, mais perdi as esperanças  estes dias! Porque? O  grupo Góis recebeu alguns cargos no estados, todos esperava que eles nomeassem aquele que estão na luta a muito tempo, mais foi ao contrario, primeiro o próprio irmão gerente da regional de saúde, sendo que ele de política não entende de nada, e nem deu o suor que nem os outros, o segundo, rosinha rocha tesoureira da mesma, que voto rosinha tem? Que suor ela derramou , terceiro Fábia que nem o cargo sabemos, mais já estar trabalhando, e por ultimo foi empossada a cunhada de “João de louro” um dos grandes amigos do ex-prefeito João Maria de Góis, como diretora de recursos humanos da regional de saúde. É por essas coisa que a credibilidade destes político se acabam, deixando os pequenos mais, grandes batalhadores  de fora. Temos vários exemplos: com o prefeito foram, Gaspar, Biril, Naldinho, e vários que batalharam e nem água, agora novamente com Waldemar: Biril Gaspar, Naldinho, Thiago, Célio do Serrote  e vários outros também . não estou falando sem provas estou mandado uma matéria que vi em outro blog, espero que você publique para ver se eles tomam jeito. Obrigada um abraço     


publicidade

Por Assis Silva |
quarta-feira, 09/03/2011 às 14h56
Cargos – Ao contrário do que se comenta nos bastidores políticos, as duas indicações para III Unidade Regional de Saúde(URSAP) publicadas na semana passada, tiveram o dedo do prefeito Ivanaldo Fernandes, no caso de Margarida Aniceto e do ex-prefeito João Maria de Góis na segunda indicação, Antonia Rosimeire.
Publicado em Local | Deixar um comentário


Minha querida Risliângela! pronto; seu comentário através  do Email que você me enviou está acima publicado. Fico feliz em saber quer, pessoas como você não só apenas contribui, como também participa em levar os seus conhecimentos aos nossos leitores. Sempre fiz e continuarei fazendo desse espaço o caminho mais democrático, esclarecedor e sempre ao lado da verdade. Sei; que a maioria das matérias que publico, recebo comentários através de Email ou no próprio Blog, e certifico-me, que estou de alguma forma colaborando para  o bem estar social dos nossos queridos conterrâneos. Receba os parabéns da nossa equipe, pelo ato da grandeza das suas palavras sábias, continue avaliando o perfil de cada político, quem sabe, eu e você, ou porque não dizer "todos nós" encontraremos no futuro mais próximo, um Líder com a cara de Poço Branco. O espaço continua aberto, sinta-se a vontade. abraços...