sexta-feira, 7 de maio de 2010

Lajes

 Lajes > Igreja Nossa Senhora da Conceição.

 "locomotiva trouxe o progresso" 
    Os primeiros sinais da região ocorreram com a existência nos idos de 1825, de uma fazenda pertencente a Francisco Pedro de Gomes Melo, área de clima seco e agradável, por está situada nos caminhos do sertão, desde o inicio tornou-se ponto de encontro e descanso de boiadeiros e fazendeiros em viagem a procura de negócios.
    No ano de 1914 dois episódios mudaram a vida de Lajes: em Julho aconteceu a chegada da estrada de ferro trazendo com ela o progresso, impulsionando o desenvolvimento da região; no dia 25 de Novembro pela lei n° 360 sancionada pelo então governador Dr. Joaquim Ferreira Chaves filho, foi criado o município de Lajes, que incorporou-se a sede municipal de Jardim de Angicos, a cidade mudou de nome no dia 30 de Dezembro de 1943, passando a ser chamada Itamaratema. Dez anos depois, em 11 de Dezembro de 1953 retornou ao antigo nome: Lajes. localizada na Região Central do Estado, está a 125 quilometro da Capital.

   Em visita a Lajes deparei-me com essa belezura, e de tanta curiosidade perguntei:
Quantos anos você tem? 86 anos - respondeu de braços aberto
Quantos filhos você tem ? pouco mais de 10 mil - respondeu alegremente
Tem alguma devoção? sim, Nossa Senhora da Conceição
Site-me um Marco? a serra da feiticeira
Um presente? o Adultora Central Cabugi
Seu orgulho? meus filhos - sorrindo respondeu
Porque? não estais vendo como estou me vestindo, minhas roupas podem ser usadas mas estão limpas, meus calçados são conservados, todos os meus filhos zelam por mim
Tem mais alguma coisa que queira acrescentar? sim "respondeu pensativo" que os filhos dos meus irmãos fizessem o mesmo que meus filhos fazem comigo.
                                                                                                       "Por Neo Alves"
                                                                                                                          
                                 






Nenhum comentário:

Postar um comentário

sua opinião.